Internacional

precariosinflexiveis Julho 14, 2017

Já está em marcha em França o debate sobre a reforma da lei laboral. Um ano depois da aprovação da polémica lei El Khomri, uma machadada do governo de Hollande e Valls sobre os direitos dos trabalhadores franceses, eis que Emmanuel Macron inicia a senda neoliberal de flexibilização das regras para as empresas e precarização […]

Precários Inflexíveis Julho 6, 2017

  Um estudo divulgado recentemente no Reino Unido revela que a precariedade dos contratos é má para a saúde. A principal conclusão do estudo de longa duração que analisou a situação contratual de uma amostra hoje com 25 anos é clara: quem tem contratos a prazo e sem estabilidade tem 41% mais de probabilidade de […]

Precários Inflexíveis Março 28, 2017

O acordo de livre comércio entre a União Europeia e o Canadá, Acordo Global de Economia e Comércio, conhecido por CETA (Comprehensive Economic and Trade Agreement), foi aprovado no Parlamento Europeu no passado dia 15 de Fevereiro e a parte do acordo que é da exclusiva competência da UE (que não depende do avalo dos […]

precariosinflexiveis Fevereiro 15, 2017

Os serviços públicos abrangem serviços essenciais a que todos os cidadãos têm direito, como o fornecimento de água, os cuidados de saúde e a educação. São também um meio fundamental através do qual os governos exercem as suas opções políticas, como por exemplo no setor da saúde para prevenção de determinadas patologias ou na educação […]

precariosinflexiveis Fevereiro 10, 2017

O CETA, ao colocar a necessidade de saúde em função do interesse financeiro, subverte o princípio do direito à saúde, escancarando ainda mais as portas da desumanização laboral. Para lá, não do que conhecemos mas do que desconhecemos. O CETA inclui uma clara proposta de alteração do poder legal ou constitucional ao colocar a necessidade […]

Precarios Inflexiveis Dezembro 21, 2016

Desde quinta-feira da semana passada que trabalhadores franceses da plataforma UBER protestam junto ao aeroporto de Paris. Os condutores, que exigem condições salariais mínimas, estão a bloquear os acessos a este aeroporto. Os protestos já se tinham feito sentir mas aumentaram de tom quando a empresa, sediada em São Francisco nos Estados Unidos, decidiu, de forma […]