OCDE: taxa de emprego está a subir em Portugal

De acordo com o boletim trimestral da OCDE sobre emprego (ver aqui), a taxa de emprego em Portugal subiu no primeiro trimestre de 2018 para 69,2%, o que representa uma subida de 2,4 p.p. face ao trimestre homólogo de 2017. Na zona euro e na União Europeia o emprego também cresceu.

Da mesma forma, a taxa de emprego jovem (15-24 anos) fixou-se em Portugal nos 26,5%, um pouco abaixo do trimestre anterior, mas 1 p.p. acima tendo em conta o primeiro trimestre de 2017. No entanto, a taxa de emprego jovem está muito áquem da média registada nos países da União Europeia, que está nos 35,2%.

Estes dados do emprego estão em linha com as estatísticas que têm saído nos últimos meses e que dão conta de um aumento do emprego, com subidas acima da taxa de crescimento da riqueza produzida.

São boas notícias, mas a grande questão que se coloca é: que tipo de emprego está a ser criado?

A precariedade não pode tornar-se regra nas relações laborais e a Proposta de Lei do governo entregue na Assembleia da República que junta propostas que combatem a precariedade com medidas que a aumentam muito, é um mau sinal. Os Precários entregaram no Parlamento uma crítica a essa Proposta de Lei, explicando o que consideramos serem as boas e as más medidas que o documento contém (ver aqui).

Facebooktwittergoogle_plusredditlinkedintumblrmailby feather