Precários do Estado reúnem em Lisboa, a 14 de Abril, e no Porto, a 21 de Abril

As concentrações de precários do Estado realizadas este sábado em Lisboa e no Porto deixaram uma mensagem clara ao Governo. Das concentrações, que juntaram várias centenas de pessoas nas duas cidades, saiu um texto, em que se identificam os principais problemas que estão a colocar em causa a real execução do programa e em que se exigem medidas concretas ao Governo (ver aqui o texto na íntegra).

É o Governo que tem a responsabilidade e o dever de terminar com os bloqueios, impedir os boicotes e corrigir os vários problemas. Foi remetido pedido de reunião urgente ao Ministro do Trabalho, Vieira da Silva, que tem particulares responsabilidades na aplicação do PREVPAP. As concentrações apontaram para a continuação da mobilização dos precários do Estado, nomeadamente com a participação nas manifestações do 1º de Maio.

Ficaram já agendadas novas reuniões da Plataforma dos Precários do Estado, abertas à participação de todos os colegas, para discutir colectivamente as várias situações e preparar as próximas mobilizações: as reuniões serão em Lisboa, no próximo dia 14 de Abril (evento aqui); e no Porto, a 21 de Abril.

Não desistiremos até que se concretize a exigência que se repetiu neste importante dia de mobilização dos precários do Estado: Nem boicotes, nem bloqueios! Ninguém fica para trás!

Facebooktwittergoogle_plusredditlinkedintumblrmailby feather