SITE EM REESTRUTURAÇÃO

precariosinflexiveis Janeiro 19, 2013
Aguiar-Branco tem de responder se o seu ministério está fora da lei
Aguiar-Branco tem de responder se o seu ministério está fora da lei

De acordo com notícia do DN de hoje, o PCP enviou uma pergunta ao Ministro da Defesa questionando sobre como este irá resolver a situação de “dezenas de funcionários” que trabalham há “vários anos” a recibos verdes nos hospitais militares, apesar de, caso fosse cumprida a lei, terem direito a contratos de trabalho.

Com a extinção dos hopsitais dos três ramos da Forças Armadas cria-se um problema grave e estas pessoas poderão ir parar ao desemprego sem terem direito ao subsídio e sem que o Estado lhes tenha pago milhares de euros em créditos laborais ao longo dos anos.

Aguiar-Branco, Ministro da Defesa, fica assim em maus lençois se se provar que o seu ministério não está a cumprir a lei.

Foi para solucionar situações como esta que 35 mil pessoas assinaram a Lei contra a Precariedade que irá a discussão no Parlamento na próxima sexta-feira, 25 Janeiro. Veremos nessa altura quem são os deputados e os partidos que querem que a ilegalidade se mantenha e quais querem resolver o problema de mais de 2 milhões de precários e precárias em Portugal.

Facebooktwittergoogle_plusredditlinkedintumblrmailby feather

3 thoughts on “Recibos verdes a trabalhar em hospitais militares

  1. Eu como trabalhadora a recibos verdes e nao trabalhando para o estado pelos vistos ninguem mostra preocupação se pago ou nao muitos impostos ou segurança social, se tenho ou nao assistencia médica ou qualquer subs, de desemprego no caso perder o meu trabalho ou até mesmo subssidio de natal. Apenas ouço falar nos que trabalham para o estado ou aqueles que tem contrato e passam os ditos recibos. E aqueles que sao obrigados a passa-los porque nao tem outra hiposte, porque nao teêm outro trabalho ou maneira de receber os seu ganhos. Bolas isto revolta neste país. Todos S´falam na Função Publica no que vao perder. Eu para ter um ordenado como um funcionário publico tenho que trabalhar cercxa de 10 a 12horas diárias a bater portas e a batalhar para fazer o meu trabalho. Todos os Func. Publicos estao sentados ou quase e trrabalham 35 horas semanais sim apenas 35 tem subscidios. Nao sei o que é isso acerca de 10 anos. E nao morri e continuo a trabalhar, a batalhar até aos fim de semanas, feriados e vesperas de feriados nao faço pontes

  2. Pois é !! Só se fala dos recibos verdes precários do estado.
    Do privado quase ninguem fala.
    Trabalho há váris anos a recibo verde para uma só empresa. Não pagam-me subsiduo de férias ,de Natal e não tenho direito a férias.
    Sou obrigado a estar calado porque tenho casa a pagar e filhos a sustentar.
    Se os denunciar quais os meus direitos ?
    Alguem sabe me dizer ?

Leave a comment.

Your email address will not be published. Required fields are marked*