Taxa de desemprego de junho cai 2,0 p.p. face a 2016

O INE lançou esta manhã a estimativa mensal de emprego e desemprego e os dados provisórios para junho de 2017 indicam que o desemprego se situou nos 9,0%, 2,0 pontos percentuais (p.p.) abaixo de junho de 2016 e 1,4 p.p. abaixo do que estava há 3 meses.

De facto o INE reviu a taxa de desemprego de maio de 2017 para os 9,2% (menos 0,2 p.p. do que o anunciado na estimativa rápida), o que representa o valor de desemprego mais baixo desde novembro de 2008.

Para além disso, o emprego continua a subir, estimando-se assim que existam 4.672,3 mil pessoas a trabalhar.

Com o emprego a subir e o desemprego a descer falta perceber qual é a qualidade do emprego que está a ser criado. Os salários estão a refletir o crescimento económico? A precariedade está a diminuir? As condições de trabalho estão a melhorar? Estas são perguntas muito importantes, porque não basta dizer que “há mais emprego”, é preciso perguntar”qual emprego?”.

Vê info do INE aqui.

Facebooktwittergoogle_plusredditlinkedintumblrmailby feather