SITE EM REESTRUTURAÇÃO

Precarios Inflexiveis Fevereiro 2, 2016

Os Precários Inflexíveis e a Climáximo lançaram um livrete sobre a Campanha de Empregos Climáticos. Uma campanha que se baseia numa ideia simples: criar emprego na área do combate às alterações climáticas. Objetivos? Baixar o desemprego e (tentar) salvar o planeta.

blog

Esta campanha está atualmente a ser trabalhada em sete países: África do Sul, Canadá, E.U.A. (Nova Iorque), Filipinas, Maurícias, Noruega e Reino Unido. Para ser implementada, a campanha precisa de ser adaptada à realidade de cada país e, por isso, este livrete é o ponto de partida para uma análise e estudo sobre as formas de como podemos pôr este plano alternativo em prática em Portugal. A ideia do livrete é também informar sobre o sentido da campanha, como forma de divulgação, para sensibilizar e envolver quem tenha interesse e vontade de ser parte nela.

O livrete está dividido em duas partes: a primeira parte explica em que é que consiste a campanha, com base no livrete “Global Climate Jobs” e esclarece sobre quais as áreas possíveis para a criação de empregos climáticos; e a segunda analisa o cenário português, no que toca ao clima, ao emprego e às políticas postas em prática no campo das alterações climáticas, como forma de justificar a necessidade desta campanha em Portugal.

Porque é possível existirem alternativas, este estudo pretende ser a solução (que tanto nos tem sido negada!) para lidarmos com duas das maiores ameaças à Vida na terra e em sociedade: as alterações climáticas e o desemprego.

Os livretes estão disponíveis no espaço MOB, no Intendente.

Facebooktwittergoogle_plusredditlinkedintumblrmailby feather

3 thoughts on “Empregos Climáticos em Portugal

Responder a José Maia Cancelar resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked*