SITE EM REESTRUTURAÇÃO

precariosinflexiveis Fevereiro 26, 2015

7b042560-85fc-0131-274a-1661ea77f52dPortugal livrou-se da troika? Parece que não. Ontem a Comissão Europeia colocou o país na lista dos “sob vigilância” por “desiquilíbrios macroeconómicos excessivos”. Razão? Dívida elevada, baixo crescimento, baixa inflação e alto desemprego.

A Comissão Europeia rasga de uma assentada toda a propaganda de Passos Coelho e Paulo Portas que têm falado de “recuperação económica”. E apesar do comportamento vergonhoso da Ministra das Finanças no Eurogrupo, Portugal vai estar sujeito a “fiscalização” rigorosa, a saber: o orçamento de Estado terá de ser aprovado primeiro por Bruxelas e só depois pelos deputados em Portugal.

Ou seja, os quatro anos de austeridade da troika, em que tecnocratas estrangeiros diziam o que o governo tinha de fazer, ainda não acabaram. Um país poder decidir sobre a sua política é uma ideia antiga para a Comissão Europeia e para o governo de Passos, agora serão os tecnocratas a decidir. É assim o Semestre Europeu.

Notícia aqui.

Facebooktwittergoogle_plusredditlinkedintumblrmailby feather

Leave a comment.

Your email address will not be published. Required fields are marked*