Fórum: Trabalhos precários, vidas precárias

Cartaz-forum-copyTrabalhos precários, vidas precárias. Este é o título de um dos vários círculos de discussão integrados no Fórum Precariedade e Desemprego que decorrerá nos dias 8 e 9 de Novembro, em Lisboa.
9 Nov. às 16h30

Trabalhos precários, vidas precárias

Rita Blanco – atriz;

Renato do Carmo – sociólogo, investigador do Observatório das Desigualdades;

Diana Neves – grupo de bolseiros da Associação de Combate à Precariedade

João Carlos Louçã – antropólogo e ativista

Moderadora: Sara Simões

Quando a palavra precariedade surgiu no discurso político em Portugal, em consequência das primeiras manifestações de precários, desde o MayDay Lisboa 2007 e do surgimento do movimento Precários Inflexíveis, dizia-nos o discurso dominante que a precariedade era uma questão geracional e que representava as relações de trabalho que os jovens pretendem para o futuro. A precariedade era defendida como a moderna relação de trabalho que permitia a mobilidade e a evolução na carreira pretendidas pelos jovens de hoje. Não nos deixámos enganar. Poucos anos passados, a dura realidade demonstra que sempre tivemos razão: jovens ou adultos, novos ou velhos, actores, investigadores ou trabalhadores de callcenter, a precariedade chegou a todos os sectores de forma intergeracional. Esta chaga social está destruir a vida de muitos trabalhadores e trabalhadoras portuguesas. Precários e desempregados somam mais de metade da população activa.

Para compreender as diversas facetas da precariedade, pensar o que nos une e de que forma podemos lutar, juntamos experiências diferentes no mesmo círculo, para o qual também tu estás convidado. Traz um amigo também.

INSCREVE-TE NO SITE DOS PRECÁRIOS.

Programa completo do Fórum Precariedade e Desemprego aqui

Facebooktwitterredditlinkedintumblrmailby feather