Grécia: o futuro de Portugal

Os gregos lutam contra o seu governo de austeridade. Ontem ocorreu a terceira Greve Geral em apenas um mês. A imposição de dificuldades aos trabalhadores e os sucessivos roubos à sociedade grega, como em Portugal, em nada ajudam a economia ou o país, aprofundando a recessão a cada dia que passa.

Aumentam o desemprego (já acima de 15%) e as desigualdades, ao mesmo tempo que são destruídos os direitos e serviços públicos que levaram décadas de esforço e trabalho a criar.

Em nome do liberalismo brutal, do poder total da finança, os governos europeus sacrificam os povos e legitimam fortunas e previlégios a grupos de elites à boleia da palavra “crise”.

Facebooktwitterredditlinkedintumblrmailby feather