Mota Soares é "um verdadeiro carrasco dos precários"

Em entrevista à SIC Tiago Gillot da Ass. de Combate à Precariedade – Precários Inflexíveis explica o impacto que a antecipada subida da contribuição para a Segurança Social dos trabalhadores independentes de 29,6% para 30,7% (+4%) irá nestes trabalhadores. O porta-voz da Ass. de Combate à Precariedade é claro dizendo que Mota Soares “já entrou para a história como o Ministro mais perseguiu e prejudicou os precários”. 
Como é sabido, desde que assumiu a pasta a mira de Pedro Mota Soares tem estado sempre sobre os trabalhadores independentes e os exemplos multiplicam-se e vão desde o erro na colocação dos trabalhadores independentes nos escalões de contribuição, nas penhoras indiscriminadas das contas bancárias de trabalhadores sem querer verificar se estariam ou não a falsos recibos verdes, para além da aplicação cega de um Código Contributivo injusto, que prometeu alterar quando na oposição.

Facebooktwitterredditlinkedintumblrmailby feather