Muitos trabalhadores rejeitaram subsídios em duodécimos

217654_1630961260294_6360700_nDe acordo com os jornais de hoje, foram vários os setores onde, em bloco, os trabalhadores e trabalhadoras rejeitaram o pagamento de metade do subsídio de natal e de férias em duodécimos. O Público relembra que esta medida, criada para que o “enorme aumento de impostos” não se notasse, veio do Governo e teve o apoio do PS e da UGT.

Em muitos setores, como na metarlurgia, mais de 70% dos trabalhadores preferiram receber os subsídios por inteiro, apesar do Governo ter feito tudo para que as pessoas não tivessem tempo para escolher e apesar de muitos patrões terem ignorado a lei e terem obrigado as pessoas a receber em duodécimos.

Passos, Portas e Gaspar bem tomam as pessoas por tolas, mas as pessoas não caem em truques de ilusionismo.

Notícia Público aqui.

Facebooktwitterredditlinkedintumblrmailby feather