Mais precariedade e desemprego entre os jovens, apesar do emprego estar a aumentar na UE

A edição de 2017 da Análise Anual do Emprego e da Situação Social, elaborada pela Comissão Europeia, regista o aumento do emprego na União Europeia. Os níveis de desemprego são ainda um desastre social, mas a Comissão assinala a criação de 10 milhões de postos de trabalho desde 2013. O cenário é pior para as gerações mais jovens, que têm mais dificuldade em encontrar emprego e estão mais sujeitas a desemprego e a precariedade laboral, com vínculos contratuais atípicos. Esta precariedade leva os jovens a adiar projetos de vida pessoal, familiar e também profissional. E esse adiamento não tem repercussão apenas a nível individual – a precariedade é um entrave ao desenvolvimento de toda a sociedade.

Segundo a Comissão, a proporção de contratos temporários na UE aumentou de 14,4% em 2005 para 16,3% em 2016 na faixa etária dos 25 aos 39 anos, sendo cerca do dobro da do grupo dos 40 aos 64 anos. Neste último grupo etário, os contratos temporários mantiveram-se estáveis entre 7 e 7,9% durante o mesmo período. Tendo por base estes números oficiais, confirma-se apenas que a precariedade é o modelo laboral que se impõe e recompõe progressivamente o mundo do trabalho, razão pela qual afecta mais quem vai entrando na vida activa.

Por outro lado, e segundo o mesmo relatório, as previsões apontam para uma redução da população ativa de 0,3% ao ano até 2060. Somando este facto à desproteção social e aos rendimentos mais baixos que a precariedade laboral acarreta, facilmente se entende que os jovens de hoje estão em risco de uma situação social particularmente vulnerável.

É necessário emprego com direitos, o que passa obviamente pelo combate à precariedade. As consequências da flexibilização da legislação laboral, assumida pela UE e implementada nos diferentes Estados-membro, estão à vista neste relatório – insistir na mesma receita é um erro deliberado e só agravará a desigualdade que já se faz sentir.

Notícias: Jornal Económico, Diário de Notícias

Facebooktwittergoogle_plusredditlinkedintumblrmailby feather